SBICafé
Biblioteca do Café

Caracterização de agroecossistemas cafeeiros de Minas Gerais por meio do SPRING. Parte II: Agroecossistema de Machado

Show simple item record

dc.contributor.author Lacerda, Marilusa Pinto Coelho pt_BR
dc.contributor.author Alves, Helena Maria Ramos pt_BR
dc.contributor.author Vieira, Tatiana Grossi Chquiloff pt_BR
dc.contributor.author Resende, Ricardo José Tavares Pereira de pt_BR
dc.contributor.author Andrade, Hélcio pt_BR
dc.contributor.author Machado, M. L. pt_BR
dc.contributor.author Cereda, Gilmar José pt_BR
dc.contributor.other Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café pt_BR
dc.date 2001-11-21 09:49:46.967 pt_BR
dc.date.accessioned 2015-01-14T13:42:12Z
dc.date.available 2015-01-14T13:42:12Z
dc.date.issued 2001 pt_BR
dc.identifier.citation Lacerda, Marilusa Pinto Coelho; Alves, Helena Maria R.; Vieira, Tatiana Grossi C.; Resende, Ricardo T. Tavares P. ; Andrade, Hélcio; Machado, Marley Lamounier; Cereda, Gilmar José. Caracterização de agroecossistemas cafeeiros de Minas Gerais por meio do SPRING. Parte II: Agroecossistema de Machado. In: Simpósio Brasileiro de Pesquisa dos Cafés do Brasil (2. : 2001 : Vitória, ES). Anais. Brasília, D.F. : Embrapa Café, 2001. (CD-ROM), p. 2377-2385. pt_BR
dc.identifier.other 155585_Art335 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/1101
dc.description Trabalho apresentado no Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil (2. : 2001 : Vitória, ES). Resumos. Brasília, D.F. : Embrapa Café, 2001. 181p. : il. pt_BR
dc.description.abstract Como parte integrante do projeto de pesquisa "Diagnóstico edafo-ambiental da cafeicultura do estado de Minas Gerais", o presente trabalho faz a caracterização do agroecossistema cafeeiro de Machado, uma das regiões representativas da cafeicultura do sul do Estado de Minas Gerais. O projeto é financiado pelo CPBD/Café e está sendo desenvolvido pela EPAMIG/CTSM/Laboratório de Geoprocessamento. Com base em informações secundárias e levantamentos de campo, foi selecionada uma área-piloto representativa da região, tanto em termos das características da cultura cafeeira quanto da sua associação com o meio físico. Usando-se técnicas de geoprocessamento, foi elaborado um banco de dados digital para a área-piloto, por intermédio do sistema de informações geográficas SPRING e imagens de satélite TM/Landsat 5 e 7. A partir deste banco de dados foram gerados mapas temáticos de caracterização ambiental, como os mapas de uso atual, de classes de declividade e de solos. O mapa de solos constitui uma legenda preliminar, tendo sido elaborado por modelagem geomorfopedológica, baseada na relação entre o relevo e a distribuição das diferentes classes de solo na paisagem regional, com o apoio de observações de campo. A associação das áreas cafeeiras com o meio físico foi avaliada e quantificada por meio de operações de tabulações cruzadas no SPRING, correlacionando uso atual com classes de relevo (declividade) e com classes de solos. O geoprocessamento mostrou-se uma ferramenta eficiente na caracterização de agroecossistemas cafeeiros, podendo ser implementado em atividades de levantamento e monitoramento agroambiental, fornecendo, ainda, informações que auxiliam o planejamento e gerenciamento sustentável do setor cafeeiro. pt_BR
dc.description.abstract This work presents partial results of a wider research project which endeavours to characterise the coffee agroecosystems of main production regions of the state of Minas Gerais in Brazil. The project, funded by CBP&D/Café, is being carried out by the Geoprocessing Laboratory of EPAMIG/CTSM. The study case presented here was developed in a pilot area, representative of the production region South of Minas, located around the urban area of Machado. The pilot area was selected after a sound fieldwork, based on parameters of the crop and surrounding environment. The geographic information system SPRING and satellite images of TM/Landsat 5 and 7 were used to build up a digital database for the area. GIS and remote sensing techniques were used to produce thematic maps, which included slope classes, land use and soils. The soils were mapped using a geomorphopedological model that was validated by the field survey. Based on the thematic maps produced it was possible to evaluate the relationships between environment and coffee production, quantifying the occupation of the crop in the regional landscape, especially in relation to the slope surfaces and soils. The methodology used in the work proved to be efficient in the characterisation and monitoring of agricultural ecosystems, providing important information to subsidise rational planning and sustainable management of the sector. en
dc.description.sponsorship Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Café Agroecossistemas Caracterização SPRING pt_BR
dc.subject Coffee agroecosystem GIS Remote sensing Environmental characterization Land evaluation. en
dc.subject.classification Cafeicultura::Solos e nutrição do cafeeiro pt_BR
dc.title Caracterização de agroecossistemas cafeeiros de Minas Gerais por meio do SPRING. Parte II: Agroecossistema de Machado pt_BR
dc.title Characterization of coffee agroecosystem by spring: II agroecosystem of Machado en
dc.title.alternative Characterization of coffee agroecosystem by spring: II agroecosystem of Machado en
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
155585_Art335f.pdf 306.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account