SBICafé
Biblioteca do Café

Identificação, potencial toxigênico e produção de micotoxinas de fungos associados a grãos de café (Coffea arábica L.)

Show simple item record

dc.contributor.advisor Souza, Sara Maria Chalfoun de
dc.contributor.author Batista, Luís Roberto
dc.date.accessioned 2019-04-11T11:37:54Z
dc.date.available 2019-04-11T11:37:54Z
dc.date.issued 2000-11-19
dc.identifier.citation BATISTA, L. R. Identificação, potencial toxigênico e produção de micotoxinas de fungos associados a grãos de café (Coffea arábica L.). 2000.188 f. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2000. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/11225
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract O presente estudo teve como objetos identificar a população fungica de Aspergillus e Penicillium associados a grãos de café beneficiados antes e após a desinfecção com NaClO a 1%, avaliar o potencial toxigênico destes isolados identificados quanto a produção de aflatoxinas e ocratoxina A e avaliar também a incidência de ocratoxina A nas mesmas amostras de grãos de café. Em 45 amostras foi analisada a presença da microbiota; destas, em 40 amostras foi avaliada a incidência do ocratoxina A. Das amostras que foram analisadas quanto à microbiota, 95,55% apresentaram contaminação com fungos do gênero Aspergillus, 42,22% com fungos do gênero Penicillium. Análises realizadas após a desinfecção com NaClO a 1% mostraram que 46,66% apresentaram contaminação com fungos do gênero Aspergillus, 24,44% com fungos do gênero Penicillium. Cerca de 188 isolados foram identificados até espécie, sendo encontradas 10 espécies da Seção Circundati, 3 espécies da Seção Flavi, 3 espécies da Seção Nigri, 4 espécies da Seção Versicolores e 2 espécies de teleomorfos da Seção Aspergillus. Do gênero Penicillium, foram identificadas 8 espécies. Dos isolados da Seção Circundati, 74,67% foram produtores de ocratoxina A. Dos isolados identificados como Asperiluus flavus var flavus e Aspergillusflavus var columnaris, 33,33% foram produtores de aflatoxina BI e B2. Os isolados da Seção Nigri e as espécies de Penicillium não foram produtoras de ocratoxina A. Das amostras analisadas quanto à incidência de ocratoxina A, 12,5% estavam contaminadas com níveis que variaram de 0,47 a 4,82 ng/g, com uma média dos valores positivos de 2,45ng. pt_BR
dc.description.abstract The present study was designed to identify the fungai population of Aspergillus and Penicillium associated with green cofFee beans before and after the disinfection with 1% NaClO, to evaluate the toxigenic potential of these isolated identified as to the production of aflatoxins and ochratoxin A and evaluate also the incidence of ochratoxin A in the same coffee beans samples. In 45 samples were analyzed the presence of the microbiota; out of these, in 40 samples was evaluated the incidence of ochratoxin A. Out of the which were analyzed as to the microbiota, 95,55% presented contamination with fungi ofthe genus Aspergillus, 42,22% with fungi of the genus Penicillium. Analyses accomplished after the disinfection with NaClO at 1% showed that 46,66% presented contamination with fungi of the genus Aspergillus, 24,44% with fungi of the genus Penicillium. About 188 isolated were identified to species, being found 10 species of the Section Circundati, 3 species of the Section Flavi, 3 species of the Section Nigri, 4 species of the Section Versicolores and 2 species of teleomorphos of the Section Aspergillus. From the genus Penicillium were identified 8 species. From the isolated of the Section Circundati 74,67% were producers of ochratoxin A. Out ofthe isolates identified as Asperiluus flavus var flavus and Aspergillus flavus var columnaris 33,33% were producers of BI and B2 aflatoxin. The isolated of the Section Nigri and the species of Penicillium were not producers of ochratoxin A. From the analyzed samples conceming the incidence of ochratoxin A, 12,5% were contaminated with leveis ranging from 0,47 to 4,82 ng/g with a mean ofthe positive values of 2,45ng/g. pt_BR
dc.format 188 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject Aspergillus pt_BR
dc.subject Ocratoxina A pt_BR
dc.subject Penicillium pt_BR
dc.subject Potêncial toxigênico pt_BR
dc.subject.classification Cafeicultura::Qualidade de bebida pt_BR
dc.title Identificação, potencial toxigênico e produção de micotoxinas de fungos associados a grãos de café (Coffea arábica L.) pt_BR
dc.title.alternative Identificatin, toxigenic potential and of the mycotoxins prodution of fungi associated with green coffee beans (Coffea arábica L). pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Luis Roberto Batista.pdf 12.28Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account