SBICafé
Biblioteca do Café

Avaliação do desenvolvimento vegetativo e reprodutivo de cafeeiros sob níveis de sombreamento e adubação

Show simple item record

dc.contributor.advisor Santos, Ricardo Henrique Silva pt_BR
dc.contributor.author Botero, Catalina Jaramillo pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2003-12-12 10:36:33.31 pt_BR
dc.date.accessioned 2015-01-14T13:05:24Z
dc.date.available 2015-01-14T13:05:24Z
dc.date.issued 2003 pt_BR
dc.identifier.citation Jaramillo Botero, Catalina. Avaliação do desenvolvimento vegetativo e reprodutivo de cafeeiros sob níveis de sombreamento e adubação. Viçosa : UFV, 2003. 52p. : il. (Dissertação - Mestrado em Fitotecnia). Orientador: Ricardo Henrique Silva Santos. T 633.73 J37a 2003 pt_BR
dc.identifier.other 175898 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/127
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract O presente trabalho de pesquisa teve como objetivo estudar o efeito da disponibilidade de luz e nutrientes sobre o desenvolvimento vegetativo e reprodutivo e sobre a produtividade de cafeeiros arábica, simulando as condições de competição em sistemas agroflorestais. Cafeeiros, plantados em 1989 e recepados em 1998, receberam diferentes doses de adubo em diferentes níveis de sombreamento artificial a partir de dezembro de 2001. As doses de adubo consistiram de 100, 80, 60 e 40% da recomendação de 42 g/cova de N e 30 g/cova de K2O, com calagem uniforme de 20 g/cova em todas as parcelas. Os níveis de sombreamento consistiram de 0, 16, 32 e 48% de bloqueio da radiação fotossinteticamente ativa. O experimento foi montado seguindo um esquema fatorial 4x4 no delineamento em blocos casualizados com 3 repetições. O experimento foi instalado em latossolo vermelho-amarelo distrófico, exposição nordeste e 40% de declividade. Foram tomados dados da radiação fotossinteticamente ativa total, da disponível abaixo das telas sombreadoras e ao nível do solo abaixo das plantas. Todos os dados foram coletados trimestralmente, de outubro de 2001 a dezembro de 2002. O desenvolvimento vegetativo foi avaliado em quatro ramos plagiotrópicos, onde foram tomados dados de número de nós totais, comprimento do ramo, comprimento e largura de oito folhas, número de folhas e número de frutos, a partir dos quais foram geradas as variáveis incremento do comprimento de ramo, incremento do número de nós totais, área foliar por folha, área foliar por ramo, área máxima e área mínima por folha e por ramo e o número máximo e mínimo de folhas, além de área foliar por fruto. O desenvolvimento reprodutivo foi avaliado nos mesmos ramos, onde se tomaram dados de número de nós produtivos, número de frutos nos diferentes estágios de maturação e número de botões florais na safra 2002 / 03, a partir dos quais se geraram as variáveis, número de frutos totais, peso de um fruto, produção, número de frutos por nó produtivo, Índices de Retenção, Maturação e Uniformidade de Maturação dos frutos e número de botões florais por nó. Quanto ao desenvolvimento vegetativo, conclui-se que: as plantas de café com três anos após recepa sofrem poucas modificações no desenvolvimento vegetativo como resposta às modificações das condições de luminosidade e nutrição durante o ano da primeira safra; a área foliar máxima do ramo e o número de folhas máximo foram as primeiras características que manifestaram efeito dos níveis de adubação, nas plantas sob 32 e 48% de bloqueio da RFA; existe um efeito negativo das combinações de alta adubação com baixa luminosidade e de baixa adubação com alta luminosidade, sobre as variáveis área máxima por folha e número máximo de folhas; aumento da quantidade de adubo em plantas a pleno sol, causa decréscimo no valor da relação entre área foliar e número de frutos; as plantas do cultivar Catuaí vermelho apresentam maior crescimento inicial durante a época quente e chuvosa do que na fria e seca, nas condições de Viçosa, MG, independentemente do nível de sombreamento imposto. Quanto ao desenvolvimento reprodutivo conclui-se que: houve uma relação direta entre o aumento da produção de frutos e a quantidade de adubo nas plantas a pleno sol; as plantas a pleno sol com 100% de adubação apresentaram uma produção comparável com as das plantas sob 48% de bloqueio da RFA com 40% de adubo; observou-se o efeito negativo sobre a produção nas combinações de alta radiação e baixa adubação e baixa de adubação e alta radiação; as plantas mais produtivas apresentaram maior número de frutos sem que exista diferença entre tratamentos para a característica número de nós; houve maturação tardia de todas as plantas; não houve efeito dos tratamentos sobre a uniformidade de maturação de frutos; as plantas sob 32% de sombra apresentaram alto índice de retenção de frutos quando adubadas com 70% da recomendação. pt_BR
dc.description.abstract This work aimed to study the effect of light and nutrient availability on the vegetative and reproductive development and yield of arabica coffee plants, simulating competition in agroforestry systems. ‘Catuaí vermelho’ coffee plants, planted in 1989 and pruned in 1998, received different fertilizers doses under different artificial shading intensity from December 2001 on. Fertilizers doses were 100, 80, 60 and 40% of the recommended 42 g/plant of N and 30 g/plant of K2O. Lime was applied in all plots at a 20 g / plant dose. Shade degrees were 0, 16, 32 and 48% block of photosyntectically active radiation (PAR). The experiment was set up in a 4 x 4 factorial design and three complete randomized blocks, on a Northeast exposition, 40% slope Oxisoil. All data were collected every three months from October 2001 to December 2002. It was measured the PAR over and under the shading cloth, and under the plants at soil level. The vegetative development was evaluated on four horizontal stems and it was collected data of total number of nodes, stem length, breadth and length of eight leaves, number of leaves and number of fruits. These data were expressed as stem length increment, total number of nodes increment, one leaf area, stem leaves area, maximum and minimum leaf area and stem leaves area, maximum and minimum number of leaves and the leaf : fruit ratio. The reproductive development was evaluated on the same stems and it was collected data of number of productive nodes, number of fruits at different ripening stages and number of floral buds on the 2002/2003 season. These data were expressed as total number of fruits, weight of one fruit, yield, the number of fruits : productive node ratio, and Fruit Retention, Ripening and Ripening Uniformity Indexes, and the number of floral buds : node ratio. Coffee plants at just three years after pruning showed little differences on vegetative development when under different light and fertilizer conditions. The maximum stem leaves area and the maximum number of leaves were the first characteristics to respond to fertilizer level, on plants submitted to 32 and 48 % of PAR block. There is a detrimental effect of associations of high fertilizers doses with low PAR availability and low fertilizers doses and high PAR availability on the maximum leaf area and maximum numbers of leaves. Increasing fertilizers doses on coffee plants under full sunlight decreased the leaf area : fruit ratio. The growth rate of ‘Catuaí vermelho’ plants is greater during the warm rainy season than during the dry cold one under Viçosa - MG conditions, despite the shading intensity. There was a direct relation between yield and fertilizer supply on coffee plants under full sunlight, although these plants presented yield similar to plants submitted to 48% PAR block and 40% fertilizer level. It was observed a detrimental effect of associations of high fertilizer supply with low PAR availability and low fertilizer supply with high PAR availability on yield. More productive plants presented a higher numbers of fruits and there were no differences of numbers of productive nodes among treatments. All plants presented late ripening and there were no effect of treatments on fruit ripening uniformity. Plants under 32 % PAR block showed a higher fruit retention index when fertilized with 70% of the recommended dose. en
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Café Sombreamento Adubação Nutrição Produção Desenvolvimento Sistemas agroflorestais pt_BR
dc.subject Coffee Shading Fertilization Nutrition Production Development Agroforestry systems en
dc.subject.classification Cafeicultura::Implantação e manejo da lavoura pt_BR
dc.title Avaliação do desenvolvimento vegetativo e reprodutivo de cafeeiros sob níveis de sombreamento e adubação pt_BR
dc.title [Evaluation of vegetative and reproductive development of coffee plants under different shading and fertilizer levels] en
dc.title.alternative [Evaluation of vegetative and reproductive development of coffee plants under different shading and fertilizer levels] en
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
175898f.pdf 187.2Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account