SBICafé
Biblioteca do Café

Resposta a estresse hídrico e comportamento em condições de campo de cafeeiros propagados por embriogênese somática

Show simple item record

dc.contributor.author Almeida, Gustavo Rennó Reis pt_BR
dc.contributor.author Carvalho, Carlos Henrique Siqueira de pt_BR
dc.contributor.author Guimarães, Rubens José pt_BR
dc.contributor.author Padilha, Lilian pt_BR
dc.contributor.other Embrapa - Café pt_BR
dc.date 2007-11-20 11:04:34.083 pt_BR
dc.date.accessioned 2015-01-14T13:47:22Z
dc.date.available 2015-01-14T13:47:22Z
dc.date.issued 2007 pt_BR
dc.identifier.citation Almeida, Gustavo Rennó Reis; Carvalho, Carlos Henrique S.; Guimarães, Rubens José; Padilha, Lílian. Resposta a estresse hídrico e comportamento em condições de campo de cafeeiros propagados por embriogênese somática. In: Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil (5. : Águas de Lindóia, SP : 2007). Anais. Brasília, D.F. : Embrapa - Café, 2007. (1 CD-ROM), 5p. pt_BR
dc.identifier.other 179995_Art006 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/2324
dc.description Trabalho apresentado no Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil (5. : 2007 : Águas de Lindóia, SP). Anais. Brasília, D.F. : Embrapa Café, 2007. pt_BR
dc.description.abstract A micropropagação do cafeeiro permite a multiplicação de híbridos e de genótipos em segregação, e reduz de 30, para aproximadamente 10 anos, o tempo necessário para a obtenção de novas cultivares de café. Entretanto, o comportamento em condições de campo das plantas produzidas por este processo, ainda é pouco conhecido. Este trabalho objetivou estudar o comportamento de plantas propagadas via embriogênese somática indireta. Foram realizados dois ensaios comparando-se plantas propagadas por embriogênese somática com plantas oriundas de sementes. O primeiro foi conduzido em casa de vegetação para estudar a morfologia do sistema radicular e a resposta à falta e ao de excesso de água no solo. O segundo ensaio foi conduzido no campo para avaliar o crescimento vegetativo durante os primeiros meses pós-plantio. No ensaio em casa de vegetação as plantas propagadas por embriogênese somática apresentaram crescimento vegetativo significativamente maior que as plantas propagadas por semente em massa seca de folhas e de caule, altura e número de nós do ramo ortotrópico. A resposta ao excesso ou à falta de água no solo foi semelhante para os dois métodos de propagação. No ensaio de campo as plantas provenientes de embriogênese somática apresentaram maior crescimento vegetativo durante os 13 primeiros meses de cultivo para todas as características avaliadas. Concluiu-se que plantas propagadas por embriogênese somática apresentam maior crescimento vegetativo durante os 13 primeiros meses de cultivo e resposta semelhante ao excesso ou à falta de água no solo que plantas provenientes de sementes. pt_BR
dc.description.abstract Coffee micropropagation allows the multiplication of hybrids and segregating genotypes, and reduces from 30 to nearly 10 years, the time required to obtain new coffee cultivars. However, the field performance of plants produced through this process is not well known. This work aimed to study the behavior of plants propagated by indirect somatic embryogenesis. Two assays were carried out to compare vegetative propagated plants with seed derived plants. The first one studied root system morphology and plant response to water restrain and water excess. The second one was conducted in field conditions to evaluate the post-planting vegetative growth. In the greenhouse assay the vegetative propagated plants had higher vegetative growth than seed propagated plants in the following parameters: leaf and stem dry weight, plant height and number of orthotropic branches. There was no difference between the two propagation methods for the response to water stress. In the field trial the vegetative propagated plants showed higher vegetative growth during the first seven months for all the parameters evaluated. It was concluded that somatic embryogenesis propagated plants have better vegetative growth during the first 13 months in the field and a similar response to plants obtained from seeds under water deficiency and water excess conditions. en
dc.description.sponsorship Embrapa - Café pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Café Propagação vegetativa Estresse hídrico Micropropagação pt_BR
dc.subject Coffee Vegetative propagation Water stress Micropropagation en
dc.subject.classification Cafeicultura::Agroclimatologia e fisiologia pt_BR
dc.title Resposta a estresse hídrico e comportamento em condições de campo de cafeeiros propagados por embriogênese somática pt_BR
dc.title [Water stress response and field performance of somatic embryogenesis propagated coffee plants] en
dc.title.alternative [Water stress response and field performance of somatic embryogenesis propagated coffee plants] en
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
179995_Art006f.pdf 67.44Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account