SBICafé
Biblioteca do Café

Cinética da matéria seca do café em função da temperatura de torrefação

Show simple item record

dc.contributor.author Elías, Guillermo Asdrúbal Vargas
dc.contributor.author Corrêa, Paulo Cesar
dc.contributor.author Souza, Natália Rodrigues de
dc.contributor.author Baptestini, Fernanda Machado
dc.contributor.author Fernandes, Lara Santana
dc.date.accessioned 2015-06-24T18:55:36Z
dc.date.available 2015-06-24T18:55:36Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.citation ELIAS, G. A. V. et al. Cinética da matéria seca do café em função da temperatura de torrefação. In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 8., 2013, Salvador. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2013, 5 p. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br:80/handle/123456789/3495
dc.description Trabalho apresentado no VIII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil pt_BR
dc.description.abstract Objetivou-se com este trabalho determinar a relação entre a taxa de variação da matéria seca dos grãos de café em função da temperatura do torrefador para produzir grãos torrados ao nível comercial. Foram usadas amostras de 350 g de grãos de café arábica com teor de água inicial de 0,1217 kgágua kgproduto -1 (kga kg-1). Usou-se um torrador a gás nas temperaturas iniciais de 380, 345, 325 e 285 °C. O teor de água foi obtido após colocar os grãos por 24 h em estufa a 105 °C. A matéria seca foi calculada a partir da massa total e o teor de água da amostra. Observou-se que mantendo a queima de gás constante a temperatura de operação inicial do torrefador diminuiu até se equilibrar em 255, 285, 305 e 335 °C. Observou-se que a massa seca diminui a taxa constante e em função da temperatura do torrefador. Quando se aumentou a temperatura do torrador aumentou também a taxa mássica em termos absolutos, diminuindo significativamente tanto o tempo total quanto o tempo entre cada nível de torração dos grãos. As taxas de variação da matéria seca foram relacionadas à temperatura do torrefador segundo o modelo de Arrhenius, que ajustou adequadamente com r2 acima de 0,997 e que permitiu o cálculo da energia de ativação 40,14 kJ mol-1, necessária para transformar a matéria seca e produzir grãos de café com sabor, aroma e cor característicos dos índices de torração comercial. pt_BR
dc.format 5 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Embrapa Café pt_BR
dc.subject Café arábica pt_BR
dc.subject Diminuição da massa seca pt_BR
dc.subject Grau de torrefação pt_BR
dc.subject Temperatura de torrefação pt_BR
dc.subject.classification Cafeicultura::Colheita, pós-colheita e armazenamento pt_BR
dc.title Cinética da matéria seca do café em função da temperatura de torrefação pt_BR
dc.title.alternative Dry matter kinetics of coffee related of roasting temperature process pt_BR
dc.type Trabalho de Evento Científico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
298_VIII-SPCB-2013.pdf 230.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account