SBICafé
Biblioteca do Café

Seleção assistida por marcadores moleculares para resistência à ferrugem do cafeeiro

Show simple item record

dc.contributor.author Alkimim, Emilly Ruas
dc.contributor.author Caixeta, Eveline Teixeira
dc.contributor.author Sousa, Tiago Vieira
dc.contributor.author Oliveira, Antonio Carlos Baião de
dc.contributor.author Pereira, Antonio Alves
dc.contributor.author Zambolim, Eunize Maciel
dc.contributor.author Zambolim, Laércio
dc.contributor.author Sakiyama, Ney Sussumu
dc.date.accessioned 2015-07-03T14:25:22Z
dc.date.available 2015-07-03T14:25:22Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.citation ALKIMIM, E. R. et al. Seleção assistida por marcadores moleculares para resistência à ferrugem do cafeeiro. In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 8., 2013, Salvador. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2013, 6 p. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br:80/handle/123456789/3784
dc.description Trabalho apresentado no VIII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil pt_BR
dc.description.abstract Marcadores moleculares intimamente ligados a dois genes maiores (SH3 e SH?) que conferem resistência à ferrugem do cafeeiro foram previamente identificados e têm potencial para serem usados em programas de melhoramento visando identificar e monitorar genótipos contendo resistência a esse patógeno. Dessa forma, o objetivo do trabalho foi incorporar a estratégia de seleção assistida por marcadores moleculares (SAM) associados a esses genes no programa de melhoramento do cafeeiro. Inicialmente os marcadores moleculares disponíveis na literatura foram validados e então utilizados na seleção assistida de 160 genótipos. Esses cafeeiros fazem parte do germoplasma da UFV/Epamig e foram introduzidos do CIFC por serem potencialmente portadores de resistência à ferrugem. Por meio dos marcadores validados foi possível identificar nove indivíduos resistentes homozigotos para o gene SH3, UFV311-48 (F2), UFV311-56 (F2), UFV313-133 (F2), UFV329-78 (F2), UFV334-65 (F2), UFV335-12 (F2), UFV335-77 (F2), UFV399-45 (F2) e UFV409-08 (F2). O gene SH3 confere resistência a diferentes raças do patógeno e a sua incorporação em variedades de interesse tem sido sugerida como importante estratégia para obter resistência a essa doença. Também foram identificados cafeeiros que além se serem portadores do gene SH3 em homozigose, apresentaram o gene SH? proveniente do Híbrido de Timor (HT). Tais genótipos são o UFV311-48 (F2), UFV 311-56 (F2), UFV313-133 (F2), UFV334-65 (F2), UFV399-45 (F2) e UFV409-08 (F2). Esse gene originado do HT confere resistência a outras raças do patógeno. Logo, por meio da SAM, foram identificados cafeeiros portadores de dois diferentes genes de resistência que juntos são capazes de conferir resistência a um amplo espectro de raças de H. vastatrix, fungo causador da ferrugem, permitindo obter resistência durável. Os cafeeiros identificados poderão ser utilizados no avanço de geração ou em cruzamentos para a introdução desses genes em outros materiais genéticos de interesse nos programas de melhoramento. A utilização dos marcadores moleculares validados, nos programas de melhoramento, serão imprescindíveis para monitoramento dos genes nas diferentes gerações e cruzamentos. pt_BR
dc.format 6 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Embrapa Café pt_BR
dc.subject Melhoramento do cafeeiro pt_BR
dc.subject Marcador SCAR pt_BR
dc.subject Genes de resistência pt_BR
dc.subject Hemileia vastatrix pt_BR
dc.subject.classification Cafeicultura::Genética e melhoramento pt_BR
dc.title Seleção assistida por marcadores moleculares para resistência à ferrugem do cafeeiro pt_BR
dc.title.alternative Marker-assisted selection for resistance to coffee leaf rust pt_BR
dc.type Trabalho de Evento Científico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
174_VIII-SPCB-2013.pdf 458.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account