SBICafé
Biblioteca do Café

Avaliações microclimáticas, fenológicas e agronômicas em café arábica cultivado a pleno sol e consorciado com banana ‘prata anã’

Show simple item record

dc.contributor.advisor Pedro Júnior, Mário José
dc.contributor.author Pezzopane, José Ricardo Macedo
dc.date.accessioned 2017-09-05T17:38:22Z
dc.date.available 2017-09-05T17:38:22Z
dc.date.issued 2004-12
dc.identifier.citation PEZZOPANE, J. R. M. Avaliações microclimáticas, fenológicas e agronômicas em café arábica cultivado a pleno sol e consorciado com banana ‘prata anã’. 2004. 136 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba. 2004. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br:80/handle/123456789/9030
dc.description Tese de doutorado defendida na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” - Universidade de São Paulo pt_BR
dc.description.abstract O presente trabalho foi realizado em cafeeiros (Coffea arabica L.) cv. Icatu Vermelho IAC 4045, cultivados a pleno sol e consorciados com banana ‘Prata Anã’ (Musa AAB), em Mococa – SP (Latitude 21o 28’ S, Longitude 47o 01’ W, altitude 665m). Foi realizada a caracterização microclimática, entre outubro de 2001 e setembro de 2002, onde foram medidos a radiação solar global, saldo de radiação, velocidade do vento e temperatura e umidade relativa do ar nos dois sistemas de cultivo. No período do inverno de 2002 e 2003, foi realizado um estudo da influência das bananeiras na variabilidade espacial da temperatura do ar e folha, além do saldo de radiação, em episódios de resfriamento noturno. Realizou-se também uma caracterização aerodinâmica e energética dos cultivos, entre dezembro de 2002 e novembro de 2003, onde foram obtidos os perfis dos bulbos seco e úmido, além da velocidade do vento em sete níveis de medida. Entre julho de 2001 a junho de 2004 foram atribuídas notas de desenvolvimento fenológico dos cultivos, além de se avaliar, o crescimento das plantas em altura e diâmetro da copa. Nas safras de 2002, 2003 e 2004 foram avaliados os parâmetros de produção nos dois sistemas de cultivo, além da variabilidade desses nas parcelas do cultivo consorciado. Houve uma atenuação dos valores de radiação solar global (21%) no cultivo de café consorciado e uma redução de 16% e 48% nos valores do saldo de radiação e velocidade do vento, em relação ao cultivo a pleno sol. Com relação à temperatura e umidade do ar, foram encontradas diferenças apenas na temperatura máxima no ponto central da parcela do cultivo consorciado, que apresentou médias superiores em relação ao cultivo a pleno sol no verão e outono, e em relação ao ponto situado próximo as bananeiras na primavera, verão e outono. Nos episódios de resfriamento do ar no período noturno, apesar do cultivo consorciado apresentar menor perda radiativa, ocorreu apenas um acréscimo de 0,3oC na temperatura do ar nos episódios amostrados, sendo que para a temperatura das folhas esses valores atingiram até 0,5oC. Foi verificado ainda que a ação de quebra-vento das bananeiras no cultivo consorciado, promoveu alterações nos perfis de temperatura e umidade do ar, apresentando gradientes reduzidos, em relação ao cultivo a pleno sol, acima do dossel dos cafeeiros. Os valores médios dos componentes do balanço de energia nos sistemas de cultivos de café a pleno sol e consorciado não apresentaram diferenças. Nos sistemas de cultivo avaliados, o crescimento vegetativo em altura e diâmetro apresentou maior atividade vegetativa no período primavera-verão em relação ao período outono-inverno, não tendo sido encontradas diferenças significativas das taxas de crescimento, de desenvolvimento fenológico e dos índices de produção entre os cultivos. No cultivo consorciado, o ponto amostral próximo às bananeiras apresentou diferenças em relação aos demais pontos amostrados no crescimento vegetativo e desenvolvimento fenológico para algumas épocas do ano, além de apresentar menor produção por planta e maior massa de 100 sementes. pt_BR
dc.description.abstract A study was carried out in coffee crop (Coffea arabica L.) cv. Icatu Vermelho IAC 4045, unshade and shaded by banana ‘Prata Anã’ (Musa AAB), in Mococa, São Paulo State, Brazil (Latitude South 21o 28 ', Longitude West 47o 01 ', altitude 665m). The microclimatic measurements (solar radiation, net radiation, wind speed, air temperature and air moisture) were taken from October, 2001 to September, 2002 under different crops conditions. During the winter of 2002 and 2003, a study of the influence of the banana plants was done on space variability of air and leaf temperature, besides net radiation, for cold nights. The aerodynamic and energy characterization were done from December, 2002 to November,2003, by obtining the profiles of the bulb wet and dry air temperature, also measurements the wind speed in seven different levels. From July, 2001 to June, 2004 phenological data for the coffee crops were taken. The growth of the plants concerning height and diameter was also evaluated. The harvests of 2002, 2003 and 2004 were appraised by the production parameters, and their variability for different positions in shaded coffee crop. The banana trees reduced the incoming solar radiation to the coffee crop by 21%, and by 16% and 48% in the values of the net radiation and wind speed, respectively. Concerning on air temperature and air mosture, differences were found just for the maximum air temperature at the central point of the shaded crop, showing higher averages in relation to the unshaded crop during the summer and autumn, and also in relation to the nearest point to the banana plants during the spring, summer and autumn. During cold nights, spite the shaded coffee crop showing smaller radiation loss, an increment of 0.3oC in the air temperature was observed and for the leaves the values reached 0.5oC. It was verified an windbreak action of fanlight of the banana trees in the shaded crop, promoting deviation in air temperature and humidity profiles, showing reduced gradients, in relation to the unshaded crop, above the coffee plants canopy. The mean values of the energy balance components for the different systems of cultivation did not show difference. In the cultivation systems evaluated, the vegetative growth in height and diameter showed higher vegetative activity during the spring-summer period in relation to the autumn-winter period. No significant differences of the growth taxes, of phenological development and of the yield indexes were found. In coffee crop shaded, the nearest point to the banana plants showed differences in relation to the other amostral points in vegetative growth and phenological development for some seasons of the year, besides showing smaller plant yield and higher weight of 100 seeds. pt_BR
dc.format 136 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” - Universidade de São Paulo pt_BR
dc.subject Banana prata-anã pt_BR
dc.subject Consorciação de culturas pt_BR
dc.subject Crescimento vegetal pt_BR
dc.subject Efeito da temperatura pt_BR
dc.subject Fenologia pt_BR
dc.subject Microclimatologia pt_BR
dc.subject Umidade do ar pt_BR
dc.subject Variabilidade espacial pt_BR
dc.subject.classification Cafeicultura::Sistemas agroecológicos e orgânicos pt_BR
dc.title Avaliações microclimáticas, fenológicas e agronômicas em café arábica cultivado a pleno sol e consorciado com banana ‘prata anã’ pt_BR
dc.title Microclimatic, phenological and agronomic evaluations in coffee crop grown under unshaded and shaded by ‘prata anã’ banana plants conditions pt_BR
dc.type Tese pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Tese_Pezzopane, Jose Ricardo Macedo.pdf 1.861Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account