SBICafé
Biblioteca do Café

Manejo da irrigação e da adubação na formação do cafeeiro no cerrado

Show simple item record

dc.contributor.author Guerra, Antônio Fernando pt_BR
dc.contributor.author Sanzonowicz, Cláudio pt_BR
dc.contributor.author Sampaio, João Batista Ramos pt_BR
dc.contributor.author Jacomazzi, Marco Antonio pt_BR
dc.contributor.author Nazareno, Rodrigo Barbosa pt_BR
dc.contributor.author Silva, Júlio César Pereira da pt_BR
dc.contributor.other Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café pt_BR
dc.date 2001-11-07 09:40:35.857 pt_BR
dc.date.accessioned 2015-01-14T13:42:02Z
dc.date.available 2015-01-14T13:42:02Z
dc.date.issued 2001 pt_BR
dc.identifier.citation Guerra, Antônio Fernando; Sanzonowicz, Cláudio; Sampaio, João Batista Ramos; Jacomazzi, Marco Antônio; Nazareno, Rodrigo Barbosa; Silva, Júlio César Pereira da. Manejo da irrigação e da adubação na formação do cafeeiro no cerrado. In: Simpósio Brasileiro de Pesquisa dos Cafés do Brasil (2. : 2001 : Vitória, ES). Anais. Brasília, D.F. : Embrapa Café, 2001. (CD-ROM), p. 635-641. pt_BR
dc.identifier.other 155585_Art088 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/1047
dc.description Trabalho apresentado no Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil (2. : 2001 : Vitória, ES). Resumos. Brasília, D.F. : Embrapa Café, 2001. 181p. : il. pt_BR
dc.description.abstract Este trabalho está sendo desenvolvido na área experimental da Embrapa Cerrados, em Planaltina - DF, com o objetivo de determinar o efeito da irrigação e de níveis crescentes de N, P e K sobre o desenvolvimento inicial das plantas de café (cv. Catuaí Rubi MG 1192), plantadas em janeiro de 2001, sob regime de sequeiro e irrigado, no espaçamento de 2,80 x 0,5 m. O equipamento de irrigação por aspersão por pivô central apresentou CUC de 90%. O manejo de irrigação foi feito usando-se medidas do conteúdo de água no solo por sondas Delta-T. Esses sensores foram instalados na linha de plantio, nas profundidades de 0,10; 0,20; 0,30; 0,50; e 1,00 m. O momento de irrigação foi determinado pela leitura da sonda instalada a 0,10 m de profundidade. Desse modo, toda vez que a leitura atingia valores em torno de 0,29 cm 3 /cm 3 (f=0,5), valor representativo da tensão de água no solo de 50 kPa, procedia-se à aplicação de água. A quantidade de água aplicada por irrigação foi calculada para elevar a umidade do perfil de solo de 0,40 m até a condição de capacidade de campo (0,35 cm 3 /cm 3 de água). As doses de fertilizantes estabelecidas como tratamentos no primeiro ano do experimento foram: 12,5; 25; 62,5; 125 e 200 kg de N e K2O/ha.ano e 50, 100, 200, 400 e 500 kg de P2O5/ha.ano. As doses de P foram aplicadas na ocasião do plantio, e as de N e K foram parceladas em quatro aplicações. Os resultados indicam que a irrigação contribuiu para o desenvolvimento inicial das plantas de café. Por outro lado, as doses crescentes de fertilizantes N, P e K aplicadas não influenciaram significativamente o desenvolvimento inicial do cafeeiro, indicando que as menores doses utilizadas foram adequadas para os primeiros seis meses das plantas. A evapotranspiração média diária das plantas nesse estádio inicial de desenvolvimento foi significativamente maior no café irrigado, e a extração de água pelas plantas ocorreu principalmente na camada superficial do solo. pt_BR
dc.description.abstract This research is being carried out at the experimental field of Embrapa Cerrados. The objective of this research is to determine the effect of irrigation timming and increassing dosis of N, P e K on inicial development of coffe plants (c.v. Catuaí Rubí MG 1192). The crop was planted in january 2001 under irrigation and without irrigation. Plant spacing was 2,80 m between rows and 0,50 m between plants. Delta-T sensors were instaled at 0,10; 0,20, 0,30; 0,50 e 1,00 m depth to measure soil-water content for timming irrigation. Water was applied when soil-water contet reached values around 0,29 cm 3 /cm 3 (f=0,5). This value represent a soil-water tension of 50 kPa. The amount of water applied was calculated to raise the soil-water content to field capacity (0,35 cm3/cm3). The fertilizer dosis were: 12,5; 25; 62,5; 125 and 200 kg of N and K2O/ha.year and 50, 100, 200, 400 and 500 kg of P2O5/ha.year. Dosis of P were applied at planting time and dosis of N and K were splited in four application. The results showed that irrigation contributed to increasse initial plant development. On the other hand increassing dosis of N, P and K do not contributed to initial plant development indicating that the lower dose applied was adequate to the first six months of coffee crop. The mean daily evapotranspiration in this initial stage of development was substantially higher in irrigated coffee than in not irrigated condition. Water extraction by plants occurred mainly at the superficial soil layer. en
dc.description.sponsorship Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Adubação manejo de água Evapotranspiração Conteúdo de água no solo Nitrogênio Fósforo e Potássio. pt_BR
dc.subject Water management Evapotranspiration Soil-water content Nitrogen Phosphorus Potassium. en
dc.subject.classification Cafeicultura::Cafeicultura irrigada pt_BR
dc.title Manejo da irrigação e da adubação na formação do cafeeiro no cerrado pt_BR
dc.title Irrigation and fertilization management in coffee plant formation in the "cerrado" en
dc.title.alternative Irrigation and fertilization management in coffee plant formation in the "cerrado" en
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
155585_Art088f.pdf 36.81Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account