SBICafé
Biblioteca do Café

Avaliação da patogenicidade de Paecilomyces lilacinus sobre Meloidogyne paranaensis em cafeeiro

Show simple item record

dc.contributor.author Santiago, Débora Cristina pt_BR
dc.contributor.author Cadioli, Marina C. pt_BR
dc.contributor.author Oliveira, Arian D. de pt_BR
dc.contributor.author Paes, Vanessa dos S. pt_BR
dc.contributor.author Arieira, Giovani de O. pt_BR
dc.contributor.other Embrapa - Café pt_BR
dc.date 2007-11-29 17:04:17.943 pt_BR
dc.date.accessioned 2015-01-14T13:47:53Z
dc.date.available 2015-01-14T13:47:53Z
dc.date.issued 2007 pt_BR
dc.identifier.citation Santiago, Débora C.; Cadioli, Marina C.; Oliveira, Arian D. de; Paes, Vanessa dos S.; Arieira, Giovani de O. Avaliação da patogenicidade de Paecilomyces lilacinus sobre Meloidogyne paranaensis em cafeeiro. In: Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil (5. : Águas de Lindóia, SP : 2007). Anais. Brasília, D.F. : Embrapa - Café, 2007. (1 CD-ROM), 5p. pt_BR
dc.identifier.other 179995_Art169 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/2566
dc.description Trabalho apresentado no Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil (5. : 2007 : Águas de Lindóia, SP). Anais. Brasília, D.F. : Embrapa Café, 2007. pt_BR
dc.description.abstract Nematóides do gênero Meloidogyne são responsáveis pela redução de 15% da produção em áreas cafeeiras. Paecilomyces lilacinus é uma espécie fúngica utilizada no controle biológico de nematóides e uma das mais estudadas a campo. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar 10 isolados de P. lilacinus, obtidos na região de Londrina-PR, quanto a sua eficiência no controle de M. paranaensis, em experimento conduzido em casa-de-vegetação. Para tanto, antes do cultivo das mudas de cafeeiro, plântulas de tomateiro foram inoculadas com M. paranaensis e mantidas durante 45 dias, em vasos de plástico de 1,5 L, para simular uma condição de solo altamente infestado. Decorrido esse período, essas plantas foram retiradas dos vasos, as raízes foram cortadas e misturadas ao mesmo substrato em recipientes individuais, e a este procedeu-se a inoculação dos isolados de P. lilacinus, através da adição e mistura de 50 g de arroz colonizado (109 esporos do fungo.g-1 de arroz). O substrato, agora, formado pela mistura de raízes e de grãos de arroz colonizados foi distribuído em sacos de polietileno com capacidade para 2,0 L. Na seqüência, efetuou-se o transplantio de mudas de cafeeiro cv. Icatú, na proporção de uma por saquinho. Após 15 dias procedeu-se mais uma aplicação de 50g dos isolados. O delineamento foi inteiramente casualizado com doze tratamentos (dez isolados + uma testemunha inoculada com M. paranaensis e uma testemunha não inoculada com M. paranaensis). Aos 90 dias da primeira inoculação do fungo, foram avaliados: altura de plantas, tomada do colo até o ápice; diâmetro do caule, a 2 cm do colo da planta; pesos da matéria fresca da parte aérea e do sistema radicular; número de ovos por sistema radicular; números de juvenis em 250 cc de solo; além da sobrevivência dos isolados ao final deste experimento. Os isolados que reuniram as características mais desejáveis para o controle de M. paranaensis foram Pae 03, 12 e 20. pt_BR
dc.description.abstract Nematodes of Meloidogyne genus are responsible for 15 % reduction of coffee fields. Paecilomyces lilacinus is fungi specie used for biological control of nematodes and most studied at field conditions. The objective of the present paper was to evaluate the efficacy of 10 isolates of P. lilacinus obtained in Londrina-PR to control M. paranaensis at greenhouse trials. Before planting coffee seedlings, tomatoes seedlings were inoculated with M. paranaensis and kept for 45 days in plastic vassels of 1,5 l to simulated a high-infested soil condition. After that time, the plants were picked out of vassels and their roots were cute and mixed with the substrate and put in individual vassels and inoculated with isolates of P. lilacinus using a mixture of 50 g of rice colonized with P. lilacinus (109 fungi spore per g of rice). The substrate mixed with rice grains was distributed in 2,0 l polyethylene bags. The coffee plants variety Icatu were planted one per bag. After 15 days another inoculated was made using 50 g of isolates. The experimental design was completely randomized with 12 treatments (10 isolates, 1 check inoculated with M. parananensis and 1 check not inoculated). After 90 days of fungi inoculation it was evaluated plant height, stem diameter, fresh weight of aerial part and root system, number of eggs in root system, number of juveniles in 250 cc of soil, besides isolate surviving at the end of the trial. The best isolates for the control of M. parananensis were Pae 03, 12 and 20. en
dc.description.sponsorship Embrapa - Café pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Café Nematóide das galhas Controle biológico Fungo endoparasita Parasitismo Supressividade Meloidogyne paranaensis pt_BR
dc.subject Coffee Root-knot nematode Biological control Endoparasite fungi Parasitism Supression Meloidogyne paranaensis en
dc.subject.classification Cafeicultura::Pragas, doenças e plantas daninhas pt_BR
dc.title Avaliação da patogenicidade de Paecilomyces lilacinus sobre Meloidogyne paranaensis em cafeeiro pt_BR
dc.title [Pathogenicity of Paecilomyces lilacinus on Meloidogyne paranaensis in coffee plant] en
dc.title.alternative [Pathogenicity of Paecilomyces lilacinus on Meloidogyne paranaensis in coffee plant] en
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
179995_Art169f.pdf 105.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account