SBICafé
Biblioteca do Café

Desempenho de diferentes arbóreas na redução dos efeitos adversos da geada em cafeeiro

Show simple item record

dc.contributor.author Fernandes, Thiago Augusto Paes
dc.contributor.author Hoshino, Adriano Thibes
dc.contributor.author Menezes Jr., Ayres de Oliveira
dc.contributor.author Santoro, Patrícia Helena
dc.contributor.author Aguiar e Silva, Marcelo Augusto de
dc.date.accessioned 2015-07-03T14:11:38Z
dc.date.available 2015-07-03T14:11:38Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.citation FERNANDES, T. A. P. et al. Desempenho de diferentes arbóreas na redução dos efeitos adversos da geada em cafeeiro. In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 8., 2013, Salvador. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2013, 5 p. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br:80/handle/123456789/3774
dc.description Trabalho apresentado no VIII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil pt_BR
dc.description.abstract O objetivo do trabalho foi avaliar o potencial de proteção de algumas espécies arbóreas contra as injúrias causadas pela geada em uma plantação de café. Os efeitos adversos da geada, caracterizada como geada mista (de advecção e radiação) e classificada como moderada à forte, foi observado na estação experimental do Iapar, Londrina-PR, em cafeeiros da cultivar Iapar 98 em sistema arborizado com as seguintes plantas: Moringa (Moringa oleifeira), Capixingui (Croton floribundus), Trema (Trema micrantha), Gliricidia (Gliricidia sepium), Manduirana (Senna macranthera) e Jangada (Heliocarpus popayanensis), comparativamente ao sistema de café solteiro. As injúrias ocasionadas pela geada foram avaliadas através do percentual de parte aérea do cafeeiro com sinal de “queima” (lesão ocasionada pela geada), obtidos por análise visual das plantas localizadas próximas e em distância mediana entre as arbóreas, sendo as plantas próximas separadas em face leste e oeste em relação às arbóreas, entretanto quando em sistema de café solteiro não havia essas subdivisões. A comparação entre arbóreas foi feita pela análise de variância seguida de Scott-Knott (α=5%), e a comparação com o sistema de café solteiro realizada através do teste de Scheffé (α=5%). Houve diferenças em relação à proteção dos cafeeiros pelas diferentes arvores e relacionada à posição dos cafeeiros na área, havendo ainda interação entre essas variáveis. Trema e Jangada foram as arbóreas que propiciaram cafeeiros com menor percentual de parte aérea queimada pela geada, nas três posições avaliadas. Entretanto dentro destes sistemas arborizados houve maior proteção das plantas localizada na face oeste das arbóreas. Capixingui também propiciou cafeeiros com menores percentuais de parte aérea queimada, mas somente em plantas próximas à arbórea, e não diferindo quanto a face de exposição. Comparado ao sistema de café solteiro a maioria dos tratamentos com arborização resultou em plantas de café com menor percentual de parte aérea queimada, com exceção da arborização com Gliricidia (independente da posição dos cafeeiros) e das plantas de café localizadas na distância mediana entre árvores de Manduirana. Conclui-se que Trema e Jangada são espécies arbóreas mais apropriadas para proteção dos cafeeiros aos efeitos adversos de uma geada moderada à forte. pt_BR
dc.format 5 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Embrapa Café pt_BR
dc.subject Arborização pt_BR
dc.subject Coffea arabica pt_BR
dc.subject Geada mista pt_BR
dc.subject Proteção pt_BR
dc.subject.classification Cafeicultura::Sistemas agroecológicos e orgânicos pt_BR
dc.title Desempenho de diferentes arbóreas na redução dos efeitos adversos da geada em cafeeiro pt_BR
dc.title.alternative Performance of different trees reducing the adverse effects of frost in coffee pt_BR
dc.type Trabalho de Evento Científico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
257_VIII-SPCB-2013.pdf 213.5Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account